A exponencial do seu crescimento: como um ambiente de startup pode impactar seu desenvolvimento

Publicado por Bruno Ghisi no dia gestão

Gráfico mostrando uma curva exponencial sobre um eixo de tempo

Essa curva pode representar muitas coisas em uma startup em crescimento acelerado como receita, vendas, headcount, clientes, uso de cloud ou visitantes no site. Mas o que ela também pode representar é o desenvolvimento das pessoas. Ou sendo específico: o seu desenvolvimento.

Para estar em uma startup que se multiplica várias vezes ao ano, é necessário crescer na mesma taxa como profissional. Isso porque o papel de cada um evolui muito rápido em empresas dessa natureza. Não é incomum ter grandes mudanças em curto períodos de tempo.

A necessidade de desenvolvimento em várias esferas como técnico, liderança, comunicação, gestão, planejamento e a amplitude do uso dessas habilidades para cada vez mais pessoas, internas e externas, faz com que seja necessária essa evolução rápida.

Existem diversas formas de se desenvolver e aprender, como por exemplo, ler, praticar, observar, participar de eventos, treinamentos, mentoria, benchmarking, novas experiências, coaching. Você precisa entender o que funciona melhor para vocês, mas provavelmente você precisará intensificar todas elas de alguma forma. Você precisa realmente investir em você para seguir essa curva e aproveitar as oportunidades que irão surgir nesse crescimento. Seguir essa curva e ter esse desenvolvimento também é uma forma de recompensa e é parte da troca de muitas dessas empresas.

Mas o que acontece quando você não cresce assim?

Se você estiver em uma exponencial deslocada à direita (imagem abaixo), provavelmente você não conseguirá absorver todas as oportunidades em tempo hábil. Você está demorando mais tempo do que a organização precisa, apesar de conseguir atingir o destino esperado e aproveitar algumas das oportunidades - já que ambientes dessa natureza geram muitas.

Gráfico mostrando 2 curva exponenciais sobre um eixo de tempo, a segunda está abaixo da principal

No entanto se você está com um crescimento linear (imagem abaixo), quanto mais abaixo da curva, maior a chance de você não escalar. Isso porque com o passar do tempo, se você estava com um desempenho abaixo (linha azul), você tende a ficar com um desempenho ruim na medida que a empresa muda. Se você já está bem abaixo (linha amarela), é bem perigoso, pois você não está crescendo na velocidade esperada e provavelmente já não está entregando valor.

Gráfico mostrando 1 curva exponencial, e 2 retas de esperado e baixo que se afastam da curva com o tempo

Tentando trazer para um contexto real, imagine que você começa como Product Manager falando com alguns poucos clientes e tomando decisões com base nisso, mas em dado momento a organização começa a escalar e exigir um processo para entender os clientes que só aumentam. Ou seja, você precisa cada vez mais de números para a sua tomada de decisão. Se você não conseguir desenvolver isso, você provavelmente não conseguirá atender a próxima escala da empresa. Da mesma forma uma pessoa desenvolvedora que não consegue criar códigos inquebráveis para a escala de pessoas ou ferramentas para evitar erros humanos. Ou uma pessoa designer que não quer entender o funil de uso das funcionalidades para pode realmente contribuir na retenção e adoção do produto. Ou alguém de qualidade que continua testando o sistema manualmente sem agregar em outras etapas do processo na medida que tudo fica mais complexo. Enfim, os exemplos podem ser variados. É necessário estar prestando atenção constantemente no seu papel, na escala da empresa e em formas de entregar os melhores resultados.

Se você pensar que é um ativo, é possível também pensar que muitas empresas criaram um ambiente que permite valorizar esse ativo de forma acelerada, mas a pergunta é o que você está fazendo para realmente atingir todo esse potencial? Bom, reflita onde você quer estar nessa escalada, organize tudo o que você precisa para evoluir, discuta com seu líder e pegue a opinião de outros mentores, crie um plano de ação robusto e acompanhe. Saia da zona de conforto para realmente aproveitar essa oportunidade. E aí, vamos nessa?!

Bruno Ghisi

Bruno Ghisi

CTO

Comentários