Resultados Digitais na RubyConf BR 2015

Publicado por Nando Sousa no dia dev

Rubyconf BR 2015

Aconteceu nos dias 18 e 19 de setembro a Rubyconf2015 no FECOMERCIO em São Paulo. A Resultados Digitais, umas das patrocinadoras do evento, esteve presente em peso. Vamos falar aqui sobre a experiência incrível de estar no maior evento de Ruby da América Latina.

Andar Aberto

Bruno Ghisi falando sobre integração contínua

A RubyConf2015 foi bem diferente das edições anteriores. Além do conteúdo em trilhas paralelas que já conhecíamos, havia um andar aberto com 3 espaços de workshop onde rolaram diversas palestras animais sobre o mundo Ruby.

Os espaços de workshop eram organizados pelos patrocinadores do evento, que planejavam as atividades e interagiam com os participantes. Google Developer Group e Code Miner coordenaram o palco do Workshop 1, Locaweb e Plataformatec o do Workshop 2 e a Resultados Digitais o do Workshop 3.

Em nosso palco, ajudamos na curadoria de conteúdo e na organização das talks. Foram dois dias intensos com talks de alta qualidade e muito networking! A seguir alguns insights da talks que aconteceram no nosso espaço.

Elixir por um Rubysta

Por João M. D. Moura

João Moura

João Moura (@joaomdmoura) deu uma introdução fantástica sobre porque aprender Elixir, deu exemplos simples e analogias que deram ótima base para quem quer aprender a linguagem. A talk arranhou o primeiro capítulo do livro que ele está escrevendo, recomendo acompanhar. O que mais gostei foi o fato dele não se preocupar em introduzir a sintaxe da linguagem mas sim explicar conceitos básicos de programação concorrente e o modelo concorrente da Erlang VM.

Evoluindo uma aplicação com uso do Elasticsearch

Por Adriano Dadario

Talk com boa introdução ao ElasticSearch e como utilizá-lo. Foi mostrado um pouco de como o utilizam para a busca de vagas, filtros de busca e autocomplete. Foi bom ver como resolveram alguns problemas relativos à performance para indexar os documentos utilizando views no banco de dados para buscar as informações, ideia que vamos aproveitar para melhorar nosso processamento.

Além destas, teve palestra de Go, Rust, Docker, React, PHP e Pré-processadores CSS. O que nos leva a um fato interessante: A comunidade Ruby é tão madura que em sua principal conferência tem palestra sobre tudo que abrange e influencia o ecossistema Ruby.

Andar Fechado

O andar fechado ficou focado para temas mais avançados. Dentre eles tivemos TDD, arquiteturas de micro serviços, programação concorrente e até como Ruby está sendo utilizado em sistemas de aviação. Aí vai os insights que absovermos dentre as talks que acompanhamos.

Pirâmide de testes: repensando a sua estrátegia e tática de testes

Por Hugo Baraúna

Hugo Baraúna (@hugobarauna) apresentou uma palestra muito interessante sobre conceitos básicos de testes que passam despercebidos quando começamos a trabalhar com TDD. De início, ele propôs a quebra de alguns dogmas e pré-conceitos que existem na comunidade de Rails sobre testes. Dentre os pontos principais, ele esclareceu quando utilizar Mocks e Stubs em seus testes, apresentou a estrutura básica xUnit de testes e fez algumas recomendações sobre como organizar e desenvolver os testes. Recomendo dar uma olhada nos slides da apresentação caso tenha ficado curioso.

Construindo APIs no Rails 5 com AMS

Por João M. D. Moura

João Moura (@joaomdmoura) apavorou apresentando a palestra que fez na RailsConf 2015 sobre Active Model Serializers (AMS), gem de serialização de documentos JSON que ele é contribuidor ativo e será incorporada ao Rails 5. Apresentou as funcionalidades para a versão atual em desenvolvimento e deu uma visão geral do que esperar para o futuro da gem que promete facilitar muito no desenvolvimento de APIs em Rails. Se ficou curioso aqui tem a palestra que ele fez na RailsConf.

Empreendedorismo para Engenheiros

Por Bryan Helmkamp

Apesar de não ser uma palestra técnica, o Bryan abordou os desafios de fazer uma startup acontecer. Desde a criação do modelo de negócio até a contratação de pessoas e abordagem de pagamento. Durante a palestra mostrou o quão difícil é para os desenvolvedores ter uma visão empreendedora na maioria das vezes e explicou que para fazer um trabalho bem feito precisa se envolver com outras áreas que vão além da engenharia e parte técnica do negócio.

Um dos aprendizados mais bacanas que o Bryan apresentou, no meu ponto de vista, foi o de ame o seu mercado, não a sua solução, ele defende que para que seu produto ou serviço dê certo é necessário que exista um público que sinta as dores que o produto quer resolver, não adianta focar somente na solução se não tiver pessoas dispostas a pagar.

Conclusão

Na edição desse ano, a RubyConf BR 2015 continua se reafirmando como um dos maiores eventos de comunidade de software realizado aqui no Brasil. O sentimento de comunidade é real e mostra como os rubistas são receptivas para novos participantes e desenvolvedores. Também acreditamos que com a mudança no formato do evento, a tendência é que o número de participante continue a crescer. O @AkitaOnRails e a Locaweb estão de parabéns pela organização do evento e pela coragem de mudar o formato, o que na minha opinião deu muito certo!

Galera que participou da RubyConf BR 2015

A participação da RD foi espetacular! Conversamos com muitas pessoas legais e interessadas no nosso trabalho, o que nos deixa bem felizes! Com certeza ano que vem participaremos novamente, fomentando a comunidade e conhecendo mais pessoas legais. Se você não pôde participar esse ano, uma pena, mas recomendo que participe ano que vem. Nos vemos em 2016! ;)

Nando Sousa

Nando Sousa

Full Stack Developer

Comentários