A trajetória para um produto com design escalável

Publicado por Lívia Amorim no dia design

Cada vez mais nosso software, o RD Station, tem se descolado do nosso framework, o Bootstrap, ampliando a gama de elementos visuais, ícones e grid. Como não guardamos os novos componentes criados por nós, acabamos perdendo a chance de reutilizá-los em outras funcionalidades, duplicando elementos que fariam uma mesma ação em nosso framework.

5 dicas para um projeto Rails melhor

Publicado por Nando Sousa no dia dev

Rails é um framework web fantástico que nos permite entregar software com muita agilidade. Entretanto, é muito comum ver projetos saindo dos “trilhos” e se transformando em aplicações de alta complexidade, reduzindo consideravelmente a produtividade de seus mantenedores a curto, médio e longo prazo.

Neste artigo, separei 5 dicas que podem previnir futuras dores de cabeça, retrabalho e débitos técnicos.

Configurando um ambiente de desenvolvimento com Vagrant

Publicado por Lucas Krämer de Sousa no dia dev

Imagine-se em um grande time de desenvolvimento onde existem desde adoradores da Apple até amantes do software livre. Cada desenvolvedor prefere um sistema operacional e, por isso, cada um deles tem um ambiente diferente de desenvolvimento em sua máquina.

Na Resultados Digitais usamos o Boxen e o Vagrant para padronizar os ambientes sem tirar a liberdade de cada desenvolvedor. Com eles é possível subir um ambiente de maneira rápida, sem desperdício de tempo. Este é um dos princípios do nosso código de cultura: ser lean.

Generalistas ou especialistas em seu time de produto?

Publicado por Bruno Ghisi no dia gestão

Uma das perguntas que mais ouço é “se – e quando – devo contratar generalistas ou especialistas”.

Hoje na Resultados Digitais somos 42 RDoers na área de produto, separados em 7 times auto suficientes. Estamos separados em time de problema (investigação) e solução (desenvolvimento), além de algumas outras especializações, como suporte e operação. Temos vários papéis entre estes times: desenvolvedores (front e backend), UX designers, DevOps, QAs, POs, suporte. Entretanto nem sempre foi assim.

Migrando com zero downtime

Publicado por Jônatas Davi Paganini e Gabriel Mazetto no dia dev

Aqui na Resultados Digitais um dos principais valores é Customer First. Como reflexo disso, a equipe do RD Station tem o compromisso de manter a plataforma em operação com alto nível de disponibilidade.

Vamos explicar um pouco das estratégias utilizadas para não parar o RD Station, ao mesmo tempo que fazemos manutenção no backend ou colocamos novas atualizações no ar. Também entraremos em alguns detalhes sobre como lidamos com migrações de BigData e boas práticas para alta disponibilidade.

Aplicando design thinking para gerar soluções assertivas

Publicado por Daniel Mai no dia agile, design

Temos uma fase de estudo de solução para novas funcionalidades em nosso kanban de projetos. Recentemente, adaptamos esta fase de estudo a um projeto de web app interno para gestão de contas. Desenvolvido por um time de seis pessoas. Devido à mudanças de expectativa e ao pouco conhecimento inicial do time e dos stakeholders sobre os problemas do negócio, o projeto teve um alinhamento mínimo em seu início.

Dada a escassez de tempo e recursos, optamos por priorizar uma entrega rápida e de baixo custo, de acordo com nossa cultura de desenvolvimento ágil. A metodologia do estudo precisaria ser mais enxuta e flexível mas ainda assim orientada ao design thinking.