Proteja seus métodos organizando seu código JavaScript

Publicado por Christian Nascimento no dia dev

Desenvolvido por Bredan Eich em meados de 1995, o JavaScript – projetado como uma linguagem de script aberto – tornou-se uma linguagem poderosa e popular. Entretanto, organizá-lo sempre foi uma missão difícil para desenvolvedores que estão iniciando na área. Este post pretende mostrar como proteger e organizar seus métodos JavaScript sem que os mesmos estejam expostos e acessíveis desnecessariamente num escopo global.

Otimizando testes Factory Girl e RSpec

Publicado por Alexandre Tavares no dia dev

No time de desenvolvimento da Resultados Digitais utilizamos Test Driven Development (TDD). Esta prática, além de mitigar erros que poderiam ser introduzidos por novos requisitos, ajuda a manter a qualidade do código.

Os testes servem como documentação do código e dão mais segurança para os desenvolvedores. Mesmo assim, um código coberto de testes pode gerar um overhead de tempo de execução, o que pode ser o gargalo entre o desenvolvimento e deploy em produção.

Neste post explicarei como detectamos e atacamos os principais problemas dos nossos testes com Factory Girl e RSpec, otimizando o tempo de execução e a prevenção de erros.

A trajetória para um produto com design escalável

Publicado por Lívia Amorim no dia design

Cada vez mais nosso software, o RD Station, tem se descolado do nosso framework, o Bootstrap, ampliando a gama de elementos visuais, ícones e grid. Como não guardamos os novos componentes criados por nós, acabamos perdendo a chance de reutilizá-los em outras funcionalidades, duplicando elementos que fariam uma mesma ação em nosso framework.

5 dicas para um projeto Rails melhor

Publicado por Nando Sousa no dia dev

Rails é um framework web fantástico que nos permite entregar software com muita agilidade. Entretanto, é muito comum ver projetos saindo dos “trilhos” e se transformando em aplicações de alta complexidade, reduzindo consideravelmente a produtividade de seus mantenedores a curto, médio e longo prazo.

Neste artigo, separei 5 dicas que podem previnir futuras dores de cabeça, retrabalho e débitos técnicos.

Configurando um ambiente de desenvolvimento com Vagrant

Publicado por Lucas Krämer de Sousa no dia dev

Imagine-se em um grande time de desenvolvimento onde existem desde adoradores da Apple até amantes do software livre. Cada desenvolvedor prefere um sistema operacional e, por isso, cada um deles tem um ambiente diferente de desenvolvimento em sua máquina.

Na Resultados Digitais usamos o Boxen e o Vagrant para padronizar os ambientes sem tirar a liberdade de cada desenvolvedor. Com eles é possível subir um ambiente de maneira rápida, sem desperdício de tempo. Este é um dos princípios do nosso código de cultura: ser lean.